Falamos com o arquiteto Fernando Tortajada sobre seus projetos, onde a sustentabilidade é a marca de honra

Ele colaborou conosco em 4 ocasiões, utilizando o sistema de Fechamento de Fachada a Seco
Falamos com o arquiteto Fernando Tortajada sobre seus projetos, onde a sustentabilidade é a marca de honra

Fernando Tortajada é arquiteto e diretor geral do TR Grupo Inmobiliario, uma empresa familiar, fundada em 1971.

É um profissional muito consciente com a arquitetura e a construção sustentável, e todos os seus projetos são construídos sob premissas que respeitam o meio ambiente.

Ao longo de sua trajetória, fez a gestão e execução de mais de 4.000 moradias, tanto no setor residencial como no setor comercial, desenvolvendo projetos marcantes como: Residencial Fabrica Nova, Fisa, Vilanoveta y Vallfosca Mountain Resort.

Ele colaborou com a ULMA em quatro ocasiões, escolhendo o sistema de fechamento de fachada a seco e o sistema de fachada ventilada de concreto polimérico nos projetos de: Torre Estronci99 (55 moradias em Hospitalet), Bacardi 48 (48 moradias em Barcelona), Mirador de Mas Lluí (156 moradias em Sant Just Desvern) e Jardins de Castellarnau (138 moradias em Sabadell).

  • Como e quando você conheceu a ULMA?

 Em 2012 trabalhando no projeto de um edifício residencial em Barcelona. Tratava-se de um edifício multifamiliar de 48 moradias na Carrer Bacardi, onde buscávamos um sistema que melhorasse a demanda energética do edifício, e que nos ajudasse a obter a certificação Leed Gold. Foi aí que conhecemos sua empresa.

  • O que você destacaria da colaboração com a ULMA nestes projetos?

Se tem algo que posso destacar é a proposta de acabamentos e as soluções técnicas que vocês oferecem.

Foram se adaptando aos projetos, já que cada um propõe diferentes necessidades.

Por exemplo, a Torre Estronci 99 conta com modulações especiais, que buscam dar um valor estético ao edifício.  Foram instaladas juntas de 20 mm que foram lacadas nos mesmos tons que as esquadrias.

No projeto de 148 moradias de Mas Lluí, acentuaria a combinação escolhida de cores e texturas que enriquecem sua estética e dão um toque de modernidade e atualidade aos diferentes edifícios.

O projeto de Sabadell encontra-se em uma zona onde a estética de tijolo à vista é predominante, e o objetivo era encontrar uma imagem mais moderna para este novo edifício, mas que não alterasse a dinâmica do bairro. Ou seja, projetar um edifício moderno, mas sem quebrar o conjunto.

A personalização e a flexibilidade é um ponto a ser destacado na sua colaboração com os projetos.

É um material resistente que envelhece bem, que oferece bons acabamentos e que permite grande variedade de texturas e cores. Isto facilita muito o desenho dos projetos, e nos ajuda a dar uma estética moderna e atual.

  • O que é mais importante para você: o material em si ou o sistema de construção?

O material é, logicamente, mais importante do que o sistema.  Existem sistemas parecidos no mercado, mas o mesmo não acontece com o material. Como comentei anteriormente, o concreto polimérico se destaca pela sua estética e porque proporciona uma durabilidade e uma presença que se mantém no tempo. Existem outros materiais, mas que não envelhecem tão bem.

  • Qual é a sua opinião sobre nosso sistema de fechamento industrializado? Quais problemas ele soluciona?

É um sistema muito eficiente, que permite a industrialização do processo de construção, o que reduz a mão de obra e facilita a montagem.  Com um sistema tradicional a construção é mais difícil e trabalhosa.

O fechamento vem muito estudado e isto facilita para que a montagem não tenha erros.

Além disso, melhora muito a eficiência energética do edifício, ponto chave em todos os nossos projetos.

Não posso esquecer de outro ponto importante, que é a melhora em espessura, ganhada no perímetro da vivenda. Ao ter uma espessura menor que os sistemas tradicionais, se conseguem até 2 cm em todo o perímetro.

  • Quando você está desenvolvendo e definindo um projeto, qual é a sua necessidade principal?

Necessitamos que as empresas com as que trabalhamos nos ofereçam um serviço completo de cálculo, de design, de soluções técnicas. Enfim, que façam parte do projeto e que nos apoiem em tudo. Que o fabricante esteja do nosso lado e colabore tecnicamente é primordial. E é aí que está a importância da colaboração com a equipe técnico-comercial do fabricante.

  • E quais são os seus maiores problemas na hora de projetar os seus edifícios?

Os problemas mais importantes que queremos solucionar em nossos projetos são, por um lado, encontrar soluções que nos permitam ganhar superfície útil nas moradias, e por outro, conseguir melhorar a demanda energética do edifício. Tudo isto sem esquecer que outro dos pontos chave é proporcionar ao projeto uma estética moderna e atual. Com a sua paleta de texturas e cores é fácil conseguir estes acabamentos desejados.

  • Você poderia falar da importância da sustentabilidade nos seus projetos?

A sustentabilidade em todos nossos projetos é muito importante. Sempre buscamos uma arquitetura eficiente e sustentável. Os sistemas que utilizamos reduzem consideravelmente a demanda energética, onde conseguimos melhorar sua eficiência.

Além do sistema de fechamento, incorporamos um isolamento térmico de espessura máxima, onde conseguimos estruturas térmicas altamente eficientes.

Fernando, muito obrigado por compartilhar suas experiências e tempo com a gente. Esperamos continuar trabalhando juntos em projetos futuros, onde possamos contribuir com nosso know-how e profissionalidade.

Se você também tem um projeto e deseja trabalhar conosco, entre em contato.

Downloads

Dossiê de fachadas ventiladas

Dossiê de fachadas ventiladas

Download
Cores e texturas

Cores e texturas

Download

Não perca nada! Receba por e-mail nossas novidades de ARQUITETURA!!